Export citation

Show simple item record

dc.contributor.authorPacífico, Andrea Pacheco
dc.contributor.authorPinheiro, Andrezza Teles
dc.contributor.authorGranja, Júlia Patrícia Ferreira de Vasconcelos
dc.contributor.authorVarela, Adolfino
dc.date.accessioned2021-07-05T11:27:54Z
dc.date.available2021-07-05T11:27:54Z
dc.date.issued2020
dc.identifierONIX_20210705_9786587171128_8
dc.identifier.urihttps://directory.doabooks.org/handle/20.500.12854/71008
dc.languagePortuguese
dc.subject.classificationbic Book Industry Communication::J Society & social sciences::JF Society & culture: general::JFF Social issues & processes::JFFN Migration, immigration & emigration
dc.subject.otherMigration, immigration and emigration
dc.titleO Estado da Arte sobre Refugiados, Deslocados Internos, Deslocados Ambientais e Apátridas no Brasil
dc.title.alternativeatualização do Diretório Nacional do ACNUR de teses, dissertações, trabalhos de conclusão de curso de graduação em João Pessoa (Paraíba) e artigos (2007 a 2017)
dc.typebook
oapen.abstract.otherlanguageO escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) no Brasil celebrou, em 2019, os quinze anos da Cátedra Sérgio Vieira de Mello. Foi um momento opor­tuno para resgatar a memória das principais ações e produ­ções em prol da população que buscou o Brasil como país de proteção, e, ao mesmo tempo, inaugurar um momento de respostas para os desafios do presente, buscando a construção de um futuro mais acolhedor para pessoas refugiadas, deslocadas, apátridas e tan­tas outras que precisaram deixar suas casas para poderem viver uma vida normal aqui no país. O propósito deste livro é apresentar e discutir os resultados de uma pesquisa que mapeou o estado da arte sobre refugiados, deslocados internos, deslocados ambien­tais e apátridas, a partir da produção acadêmica divulgada entre 2007 e 2017. Em se tratando de recorte temporal, a crise financeira de 2007, na Europa, trouxe mudanças drásticas na migração mundial, par­ticularmente, entre 2007 e 2011, quando um grande número de migrantes irregulares do Oriente Médio, da África e do Sul da Ásia tentaram entrar na Europa via Turquia e Grécia. Enquanto isso, o Brasil, em 2007, celebrava os dez anos de criação da avançada lei de proteção aos refugiados (Lei 9474/97), em que ampliava a definição da Convenção da ONU de 1951, considerando também como refugiado aquele que estava fora de seu país de origem por violação maciça e generalizada aos direitos humanos (art. 1º, III)
oapen.identifier.doi10.7476/9786587171128
oapen.relation.isPublishedBy1c5e51fc-3ae8-4cbe-8c77-e2508cc7f108
virtual.oapen_relation_isPublishedBy.publisher_nameSciELO Books - EDUEPB
virtual.oapen_relation_isPublishedBy.publisher_websitehttp://books.scielo.org/
oapen.relation.isbn9786587171128
oapen.imprintSciELO Books - EDUEPB
oapen.pages116


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
Except where otherwise noted, this item's license is described as https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/